Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Tempos Difíceis

IMG_0246.JPG

Desde o dia 21 de dezembro até à data que tenho estado um pouco afastado das corridas. Adoro correr e sempre que o faço acabo satisfeito e digo para mim próprio que amanhã recomeço com regularidade. Mas por um ou outro motivo estes tempos têm sido difíceis. Diz-se que quanto menos se corre menos vontade se tem. Talvez.

 

Nos últimos 23 dias corri 3 vezes. A média é inferior a uma corrida por semana, longe dos tempos em que corria 300km por mês. Já culpei o tempo, as doenças, o azar, os outros e se calhar ainda não olhei para o meu umbigo e fiz uma reflexão séria sobre o porquê de não estar a correr. Foram somente uma série de acontecimentos casuais uns atrás dos outros? Efetivamente tive algum azar com as lesões? Será que perdi alguma da vontade? Ou se calhar precisava de descansar e não o querendo fazer estou inconscientemente a fazer uma pausa? Não sei e não ainda não tenho uma resposta para isto.

 

Mas quero correr, aliás preciso de correr para me sentir melhor, é um dos meus escapes e uma das formas que tenho de gerir o stress e por as ideias em ordem. Aliado a isto, em Abril vou pela 1ª vez tentar uma distância superior a 100km e tenho que treinar para isso. Mas não consigo. Não tenho forças. Hoje, mais uma vez, pus o despertador para às seis da manha, até programei 4 alarmes diferentes, mas de nada me valeu. Não tive energia para me levantar e ainda não foi desta que corri. Nem sei se hoje o irei fazer.

 

Começar, ou neste caso recomeçar é a parte mais difícil. Para sairmos do sofá e da nossa zona de conforto precisamos de vontade e força. Já não sei o que fazer.

 

Mas como já li algures, a culpa é do tempo, no inverno é tudo mais difícil, só pode.

 

Boas corridas.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.