Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Socorro: continuo gordo. E agora já nem corro!

IMG_4392.JPG

Alguém conhece um curandeiro? Uma bruxa? Ou o telemóvel do Professor Karamba? Algo que toque no sobrenatural e acabe com a minha malapata de lesões? Estou (quase por tudo). 

Eis senão quando, imbuído do espírito de corredor que tem de fazer dieta - ou vice-versa -, comecei a correr um pouco mais. Há umas semanas atrás. E a coisa prometia. 

Uns quilómetros aqui, outros acolá. Uns trilhos ora mais longos (uns 12 KM - eu sei, para os “prós” é aquecimento) ora mais curtos mesmo perto de casa. O cheiro do terra quente do sol ao final do dia, ou aquela frescura matinal. Uma inspiração. Um estado de espírito que casa na perfeição com quem tem profissões muito stressantes, como eu. 

A agenda já apontava para começar a treinar mais a sério, a agendar treinos às 7 da manhã com o resto da crew e demais amigos. O plano estava perfeito. Mais quatro semanas assim e, meus amigos, os quatro quilos que quero perder iam a voar. 

O plano passava ainda por um daqueles longões de 18 KM (mais uma vez, a prós que se acalmem que este é um blogue inclusivo) entre Belém e Praça do Comércio. Aliado a isto tudo, mais idas ao ginásio. Como mandam as regras dos tipos que vão a meio da década dos quarenta anos. 

Mas, e há sempre a merda de “mas”, uma manhã de alegria com a crew, num treino para a festa da revista Men’s Health. Tudo voltou à estaca zero. 

Foram cinco quilómetros e tudo terminou! Dores no final. Coxo que até metia dó no dia seguinte. A mobilidade da perna acabou. Todos os sonhos deitados por terra. O normal, portanto. 

Claro que correr é algo que já não faço a séria há mais de…três anos. O tempo passa, mas as lesões continuam. E já nem ligo muito. Lesionado é o meu estado normal. 

Mas agora, depois de idas ao médico o veredicto é: tendinite no joelho. Solução: descanso e fisioterapia. O que…não vai acontecer. 

Não tenho vida para andar em fisioterapia. E já levo isto das lesões (quase) no gozo. Por isso, agora é apostar ginásio, fortalecimento das pernas. Tentar perder peso por ali - nunca tal me aconteceu - fechar a boca e tentar, quando a época de praia estiver aí fazer coisas na água, Padel ou Surf. 

Seja o que os deuses quiserem. Começa mais um ciclo de recuperação para depois começar a correr e depois, logo no dia seguinte, certamente, voltar a lesionar. 

Quanto ao peso. Continuo nos 75kg. Tudo igual. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.