Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Sinto-me tão sozinho!! O lado sem charme do trail...

Sabemos e estamos de acordo que correr é uma experiência libertadora, sair e sentir o vento na cara, o cheiro da paisagem e ver a natureza ao nosso redor, faz tudo parte de uma sensação que só quem corre sabe o que estamos a falar e claro que sensações destas merecem e devem ser partilhadas, por isso é que correr em grupo é uma excelente maneira de viver e conviver este desporto e de nos motivar a continuar e a ultrapassar barreiras.

 

runalone.jpg

 

 

Pois é!!! O problema pode vir é depois!! É obvio que nem as pessoas do grupo quem nós corremos têm o mesmo objectivo ou o plano de treinos se bem feito, não é igual de pessoa para pessoa, é algo muito individual.

 

O mesmo acontece muito, especialmente para quem corre em trilhos e se quer preparar uma ultra, onde facilmente se pode ficar literalmente sem ver ninguém, durante quilómetros e quilómetros e isto também se tem de se treinar.

 

Portanto o treino em grupo sim é importante, mas até um certo ponto, a partir daí é necessário treinar sozinho, aprender a estar sozinho, sem ver ninguém, quase que de uma experiência espírital se tratasse. É importante saber ouvir o nosso corpo e a nossa mente, falar connosco, arranjar maneiras de nis auto motivar e tudo tem de se treinar.

 

Sim, é um solidário da vida de um atleta, é um lado tabu, é um lado sem glamour algum, mas é um lado necessário, pois vai representar a diferença entre passar a meta ou desistir a meio.

Custa muito é verdade, mas acreditem é uma experiência que nos torna mais fortes, física e mais importante psicológicamente.

 

Bons treinos

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.