Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Saucony Endorphin - três sapatos, três conceitos únicos

Saucony_Endorphin_Collection-1-scaled-e15936051872Saucony Endorphin por João Gonçalves e Tiago Portugal 

 
Desenvolvida em parceria com 12 corredores de elite, que ao longo de mais de 8.000 km, testaram nada mais nada menos que 25 protótipos, antes de chegar ao resultado final, chegou ao mercado em  2020, pelas mãos da americana Saucony a série Endorphin uma aposta arrojada aliada a um conceito curioso, traz-nos três modelos muito semelhantes a nível estético, mas com propósitos muitos diferentes: Endorphin Shift; Endorphin Speed; Endorphin Pro.
 
Equipados com a tecnologia Speedroll da Saucony, criada para impulsionar o atleta para a frente com uma sensação de push forward contínuo, dá-nos desde o primeiro momento de utilização a sensação que estamos a correr rápido com menos esforço e é este sem dúvida o grande ponto vendedor desta série da Saucony. 
 

PHOTO-2020-12-01-16-07-19.jpg

Muito rapidamente e passando pelos três modelo: o modelo de entrada de gama, se é que assim se pode dizer, pois cada modelo desta série Endorphin segue um propósito, são os Saucony Shift, um modelo que tevimos a oportunidade de testar, através do nosso Tiago Portugal, é o modelo com mais amortecimento dos três, pensado para o atleta do dia-a-dia que gosta de conforto e amortecimento ou para o atleta mais experiente que precisa de um bom sapato de recuperação, para além do Speedroll,  outra das suas caraterísticas que importa salientar é o uso do material PWRRUN  da Saucony na meia sola, o que lhe conferem um amortecimento e um retorno de passada excelente.

IMG_9213.jpgO modelo do meio, que foi batizado de Speed e que o nosso João Gonçalves, teve a oportunidade de testar, é um modelo pensado para o atleta que já tem um compromisso com uma corrida mais sério, aquele atleta que gosta de treinar diariamente de forma mais metódica, desde séries rápidas, a treinos longos. Desta vez utilizando um material PEBA, um termoplástico mais leve e elástico que para além de retirar peso ao sapato, provoca uma maior transferência de energia do sapato para chão o que oferece uma rápida e constante passada com muito conforto, outra característica deste modelo é a incorporação de uma placa de nylon logo acima da meia sola que ajuda a manter o momentum da passada, fazendo com que estas se tornem viciantes.

PHOTO-2020-12-01-16-07-20 (3).jpg

Por último, o modelo mais avançado e pensado para os dias de competição e para o atleta mais experiente, é o modelo Pro. Esta é a versão mais leve e com mais respirabilidade da série Endorphin que ao substituir a placa de nylon do modelo Speed, vem equipado com uma placa em carbono que lhe confere mais resposta na passada e velocidade, contudo existem pontos menos bons, a leveza e respirabilidade de topo presente no superior, faz com este seja o modelo menos durável da série, para além que o uso da placa de carbono faz com que exista um trade off entre velocidade e conforto neste sapato, pelo que conselhamos este modelo apenas para uso em dias de competição, caso se dê ao luxo de ter um modelo exclusivo para este fim. Contudo esta é a beleza deste conceito da Saucony, uma série com 3 modelos em tudo semelhantes, mas com propósitos diferentes 

Saucony_Endorphin_Pro-1024x671.jpg

De seguida vamos compartilhar as sensações dos nossos  testadores, sobre os modelos Shift e Speed. 

Os Saucony Shift e Tiago Portugal: Os Shift são o modelo mais pesado e com maior amortecimento da gama Endorphin. Pensados para treinos de recuperação ou corridas e treinos lentos, aqueles dias em que as pernas estão pesadas. Nesse capítulo são extraordinariamente confortáveis, por vezes até demasiado, mas já lá irei. Da mesma forma que os seus irmãos os Shift partilham várias características tais como a geometria da frente intitulada “Speed Roll” e que permite uma transição natural e suave das passadas. Com um drop de 4mm conseguidos através de uns impressionantes 38mm de altura no calcanhar e 34mm na frente, muito amortecimento, portanto, mas é a resposta da Saucony ao movimento das sapatilhas grandes e com muito amortecimento que tem tido um grande crescimento.

IMG_9219.jpg

A parte superior é composta por uma malha tipo meia que nos envolve completamente o pé e torna a sapatilha confortável desde a primeira utilização, não esperem, no entanto, sentir o sapato completamente colado ao pé pronto para grandes mudanças de direção a ritmos elevados, este modelo privilegia o conforto e a velocidade moderada.  Já tenho mais de 100km neste modelo e desde a primeira utilização que se senti muito confortável, não sentindo nenhuma zona de pressão nem desenvolvi nenhumas bolhas.
É um modelo pensado para dias tranquilos a ritmos de passeio, sendo que os pontos menos positivos são o peso algo excessivo é a sensação que a velocidade não é mesmo a praia destes meninos.Em termos de aspetos positivos os principais são o conforto, amortecimento, estabilidade e passada suave.

Se privilegiam conforto e amortecimento e são adeptos de treinos tranquilos à beira mar sem pensar muito em ritmos estes Saucony Shift são a escolha perfeita.

PHOTO-2020-12-01-16-07-20 (2).jpg

Saucony Speed e João Gonçalves - Adorei a experiência com estes Saucony Speed, desde o primeiro momento que se sente que é um sapato especial e com características únicas, a tecnologia Speedroll  é algo muito presente e completamente diferente do que existe no mercado, esta oferece uma sensação fluidez e leveza na passada bastante viciante, no que toca a conforto, afirmo com toda a certeza que são dos sapatos mais confortáveis que já usei, que embora o aspecto mais volumoso, são super leves e muito respiráveis, ao ponto de sentir a aproximação do inverno a passos largos :-) Em termos de fit, este sapato não foge à regra da Saucony, um pouco mais apertado no peito do pé, do que é meu gosto pessoal, contudo o upper é super confortável e rapidamente nos esquecemos deste ponto. O esquema de cores do modelo testado pode não ser o modelo mais apelativo para muitas as pessoas, contudo existem dezenas de outras cores mais sóbrios, contudo e pessoalmente nesta palete de cores, sabemos que estamos na presença de um sapato especial e que capta a atenção de muitos atletas com que nos cruzamos. Se tivesse de apontar um defeito, seria sem dúvida, o seu comportamento à chuva, acho a borracha usada na sola é algo escorregadia nestas condições climatéricas de resto um grande shout out Saucony."

PHOTO-2020-12-01-16-07-19 (1).jpg

Acreditamos que os modelos nos quais vale a pena investir são os modelos testados, cada um com as suas características, os Shift com mais amortecimento os Speed mais rápidos, leve e resistentes, relativamente aos Pro, caso queiram ter um sapato vocacionado para competição é este que devem investir o vosso dinheiro.

 
Três sapatos, três conceitos únicos, numa única série trazida pela Saucony... será que este conceito chegou para ficar?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.