Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Review - Saucony Guide 7 - Amigos para as corridas mais longas

 



Por Filipe Gil

 

Sempre tive uma grande curiosidade em calçar e correr com uns Saucony. Esta marca norte-americana sempre despertou a minha curiosidade quer pela postura e filosofia, quer pelas reviews que já li, quer pela inovação inerente, quer pelo melhor dos conselhos: o boca a boca de outros corredores que sempre foi muito positivo.

 

E, claro está, algo a que dou alguma importância: não ser uma marca massificada, existindo ainda alguns corredores que não fazem ideia de que marca se trata (o que já começa a ser cada vez mais raro). O que desperta a curiosidade de outros. Mas isto é uma coisa muito minha.

 

Apesar de alguns modelos serem bastante tradicionais, a abordagem da marca é diferenciadora. Diferente drops em diferentes modelos e alguma tecnologia interessante - hoje em dia cada marca tem a sua tecnologia.

 

 

Ora, calhou-me testar os Guide 7 ideais para a minha pronação e para a recuperação da fascite plantar que durante 3 meses me fustigou.

 

Os Guide 7 são muito bons. Ponto. E podia acabar por aqui a minha revirw. Mas convém esmiúçar. Estes Guide 7 não são os ténis perfeitos mas andam lá perto. 

 

São ideiais para treinos e corridas longas. Excelentes para a distância da Meia Maratona ou para treinos com mais de 10K. Apesar de à primeira vista parecerem carregados de amortecimento não o são, aliás são ténis duros e que demoram uns bons quilómetros a "partir".

 

Contudo, não são ténis para provas rápidas. Apesar do grande apoio - sobretudo para pronadores - tornam-se pesados para corridas mais rápidas. Aconselhamos, por isso, que o corredor use e abuse deste modelo em treinos acima dos 10K e em provas acima desta distância. Aliás, pela minha experiência - e já levo quase 180K com este modelo - é a partir do km 14/15 que os Guide 7 marcam a diferença e mostram a sua qualidade. 

 

 

Em termos técnicos, sem ser exaustivo, são sapatilhas com um bom espaço para os dedos dos pés se expandirem apesar de, à primeira, vista não parecer. Não esquecer que devem ser um número acima do número do vosso calçado normal (ex: calço 41,5 mas para correr uso 42,5).

 

A malha que envolve os ténis é bastante respirável e são ideiais para a primavera/verão.

 

À medida que os vou usando vou gostando cada vez mais deles. Nota-se que a Saucony sabe o que faz. É uma marca que está a entrar devagar nos pés dos corredores portugueses mas a fidelizá-los. Um pouco mais de investimento em marketing e estou seguro que a marca irá estar no Top 4 da preferência dos portugueses e portuguesas.

 

 

Pontos fortes:

- Bastante seguros com estabilidade não evasiva para corredores pronadores ou pronadores suaves.

- Leveza em distâncias maiores.

- Ajuste ao pé.

- Espaço para os dedos dos pés

- Durabilidade (quase 200K e parecem acabado de estrear).

 

Pontos fracos:

- Pesados para corridas rápidas.

- Design (aqui é uma questão de gosto). Apesar das cores estarem bem conjugadas, seria ideial uma menor mescla destas. Menos dois ou três riscos e seriam lindos.

- Não são ideais para a chuva, mas excelentes para a primavera.

 

Em resumo. Correr mais de 2 vezes por semana, pelo menos uns 11K de cada vez?. É pronador ou pronador suave? Quer uns ténis duradouros para o acompanhar nas próximas Meias Maratona e, quiçá, numa Maratona. Os Saucony Guide 7 são as sapatilhas certas.

 

Boas corridas.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.