Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

PT 281+, a Ultramaratona Portuguesa

foto_capa.jpg

Por: Tiago Portugal

 

O tiro de partida de uma das maiores ultra distâncias do mundo de corrida pedestre, o PT281+,  é dado às 00h00 do dia 21 de agosto.

 

Decorre nos dias 21 a 23 de Agosto de 2015, entre Belmonte e Proença-a-Nova, com passagens por Sabugal, Penamacor, Idanha-a-Nova, Castelo Branco e Vila Velha de Ródão, o PT281+, 281km para ligar estes concelhos num máximo de 66 horas.

 

A organização prevê que o primeiro classificado passe a linha de meta, no Parque Comendador João Martins em Proença-a-Nova, 36 horas após as 00.00 horas do dia 21 de Agosto.

 

Entre os verdadeiros aventureiros que irão desafiar esta prova o português João Oliveira destaca-se como principal candidato à vitória. Este atleta já venceu algumas das mais conceituadas ultramaratonas mundiais, Spartathlon, San Remo e a do deserto da Jordânia. Além dos portugueses presentes esta distância que não é para massas,  conseguiu na sua primeira edição chegar ao continente Americano, com as presenças confirmadas de quatro Brasileiros, um Americano e um Argentino.

 

A partida desta enorme epopeia, a PT281+, será dada em Belmonte, terra de Pedro Alvares Cabral, e o primeiro porto de abrigo de todos os participantes. Concelho com longa tradição histórica em Portugal e com marcas indeléveis no mundo tal como hoje o conhecemos.

 

O PT281+ tem nos descobrimentos portugueses muita da sua inspiração enquanto desenho de prova. Como Pedro Álvares Cabral, também os atletas partirão de Belmonte em busca de aventura e superação, numa epopeia única feita na medida dos tempos modernos.

 

É nessas viagens, no desenvolvimento e invenção de novos caminhos e ferramentas, na coragem, espirito de conquista e capacidade de superação que fundamentam os princípios do projeto Portugal 281+.

PT281.png Gráfico da prova

 

O "mais", sinal gráfico que pode ser associado às cruzadas Portuguesas, significa também a união entre os povos. Neste caso a interligação à BR135+ Ultramarathon. Este sinal é também o elo entre as duas organizações.

 

Com uma forte influência dos resultados do Carlos Sá na Badwater, o PT281+ inspirou-se nesse enorme desafio americano para desenvolver uma prova em condições climatéricas idênticas.

foto_capa_02 (1).jpg

 Podem seguir os corredores através do livetrack disponível em  http://lt.flymaster.net/bs.php?grp=647

 

Uma prova que não esta ao alcance de todos mas que promete dar que falar nos próximos anos.

 

Boa sorte a todos os participantes!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.