Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

" O Trail Running veio para ficar e continuar a desafiar os apaixonados por esta modalidade"

 

Com o azimute apontado à Serra do Açor e ao INATEL Piodão Trail Running, fomos entrevistar José Cardinho da Direção Desportiva deste evento.

 

 

Afinal, o que é que, como André Rodrigues falava, tem de mágico a Serra do Açor e o Piodão?

O André disse algo que define na perfeição o espírito desta prova e da forma como se procurou aproveitar as características da Serra do Açor: “apenas foi necessário definir os pontos interessantes a passar e usar os trilhos que lá estavam, ninguém andou a inventar nada para tornar a prova mais dura porque a Serra do Açor”. Esta é a magia que a Serra do Açor e o Piódão tem para oferecer a todos os participantes do INATEL Piódão Trail Running.

 

Hoje existe uma grande oferta de provas de trail. Como vê o crescimento do trail running em Portugal? É uma moda ou veio para ficar?

O crescimento do Trail em Portugal surge no seguimento do aumento da procura de provas desportivas que representem um verdadeiro desafio aos participantes. Seja uma prova de 5km, 10km, 50km ou 100km, o conceito natureza traz consigo uma grande riqueza a qualquer modalidade desportiva, permitindo que qualquer pessoa encare uma prova destas com uma paixão diferente.

É por isso que acreditamos que o Trail Running veio para ficar e continuar a desafiar os apaixonados desta modalidade.

 

O que quiseram com esta prova trazer de novo ao Trail Running em Portugal?

A Serra do Açor é, sem dúvida, uma zona de excelência para todos os amantes de Trail Running, com características naturais, que para além de desafiar os participantes, levam à passagem por locais com paisagens belíssimas.

Este foi o verdadeiro mote para que, tanto a Fundação INATEL, com todo o seu passado ligado ao desporto aventura em Portugal, e a Associação O Mundo da Corrida, uma das principais dinamizadoras do Trail Running em Portugal, juntassem forças na organização deste evento.

 

Que locais de passagem destaca?

Para além da bela aldeia do Piódão, uma das aldeias históricas de Portugal, destacamos a passagem do INATEL Piódão Trail Running pela Chãs d’Égua, São Pedro do Açor, Malhada da Chã, Covanca, Pico de Cebola, Fórnea, Monte do Colcurinho e Foz d’Égua. São, cada um deles, locais com paisagens únicas e desafiantes.

 

Quantas pessoas estão inscritas na vossa prova?

A edição de 2014 do INATEL Piódão Trail Running atingiu, nesta sua segunda edição, o número limite de participantes, com a presença de 500 atletas e caminheiros, 400 deles distribuídos pelas provas de 50km e 21km. Será, sem dúvida, uma grande presença de participantes nos trilhos do Piódão.

 

O que podem os corredores esperar deste percurso?

O INATEL Piódão Trail Running apresenta, em qualquer das suas provas, percursos com um grande de dificuldade elevado devido, essencialmente, à sua altimetria. O UltraTrail, com uma altimetria aproximada de 2700m, terá quatro pontos acima dos 1000 metros, sendo um exemplo da dificuldade mas, também, da espetacularidade que irão encontrar.

 

Que recomendações faria aos estreantes desta prova?

A primeira recomendação está relacionada com o estacionamento das viaturas. Apresentando o Piódão acessos e locais de estacionamento limitados, é

fundamental que se respeite as indicações da organização e das forças policiais para que o acesso ao INATEL Piódão se mantenha livre ao longo da prova.

Por outro lado, e tendo em conta a segurança de cada participante, é importante que se apresentam com o material obrigatório para a prova de 50km (frontal, manta de sobrevivência, apito, telemóvel, impermeável ou outro tipo de agasalho) ou para a prova de 21km (Manta de sobrevivência, telemóvel, impermeável ou outro tipo de agasalho).

 

Que infraestruturas para estadia podem os corredores encontraram em Piodão?

A organização irá oferecer, a todos os participantes que na sua inscrição fizeram esse pedido, a possibilidade de estadia em piso duro da noite de 28 para 29 de Março. Para conseguirmos dar resposta a todos os interessados, os participantes ficarão distribuídos entre o INATEL Piódão, que terá uma sala para este efeito, e o Pavilhão da Casa do Povo de Côja, que contará com a fantástica receção dos nossos parceiros locais.

 

Como estão organizadas as marcações, abastecimentos e a segurança da prova?

As marcações dos 3 percursos (50km, 21km e caminhada) serão facilmente identificáveis pelos participantes, com particular destaque para a colocação de pequenos refletores nos últimos quilómetros do UltraTrail.

Dada a dificuldade do percurso, o INATEL Piódão Trail Running apresenta um número de pontos de abastecimento considerável. Neste sentido, é nosso objetivo que antes ou após os locais de maior dificuldade os participantes possam preparar ou recuperar numa dos vários pontos.

Para a segurança da prova, para além dos vários elementos da organização que estarão espalhados ao longo do percurso, contaremos com a ajuda dos Bombeiros Voluntários de Côja que estarão posicionados em locais estratégicos das provas.

 

Uma frase de incentivo aos Atletas.

O INATEL Piódão Trail Running será, certamente, um desafio para todos os participantes, independentemente dos objetivos que cada um leve para este evento. A dificuldade e os obstáculos terão, na mesma proporcionalidade, a satisfação e a alegria que cada um sentirá no momento da passagem da meta.

 

A todos os participantes, até dia 29 de Março no Piódão.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.