Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Correr menos e apostar no Cross-training

reebok.jpg

 Adorava um dia fazer crossfit...

Por Tiago Portugal:

 

Depois de um início de 2015 muito intenso a nível de carga de treinos e principalmente provas resolvi, ou melhor fui aconselhado, a fazer uma pausa “temporária” nos meus treinos de corrida, só durante o mês de maio. Assim, depois de ter regressado do Gerês Trail Adventure reduzi a carga para 2 a 3 corridas ligeiras por semana. A única exceção foi o III Trilho de São João das Lampas que decorreu a 9 de maio. 

 

Boa organização, ambiente fantástico e percurso bem estruturado fazem desta prova uma das que mais gozo me dá correr. O facto de ser perto de casa também ajuda. À semelhança de 2014 este ano comecei a prova muito rápido, mas não era o único. Apesar de ser em trilhos o ritmo parecia mais de meia-maratona de estrada, estar a correr abaixo dos 5m o km e ser ultrapassado por muita gente diz bem da velocidade a que se estava a correr. Fiz exatamente o mesmo tempo do que o passado, não sei se isso será mau ou bom, mas foi o melhor que consegui. Para quem nunca participou recomendo vivamente esta prova e experienciem vocês mesmo a alegria e o ambiente que esta proporciona.

 

Como tenho alguma facilidade em aumentar a massa corporal assim que deixo de fazer atividade física, curto e grosso engordo muito e depressa, comer bolos diariamente também não ajuda, substituí a corrida por outras atividades e tenho feito cross-training, se assim o posso chamar.

 

O cross-training serve como complemento à corrida e permite um aumento da nossa capacidade física. Não sendo um especialista nesta área tenho-me focado em ir ao ginásio 2 a 3 vezes por semana para fazer algum reforço muscular, maioritariamente nas máquinas mas também com pesos livres, spinning e muita elíptica.

 

22233.jpg

Além destas atividades gostava de recomeçar a nadar mais ainda não consegui organizar a minha agenda semanal para encaixar a natação.Por enquanto limito-me ao ginásio e a fazer exercícios em casa.

 

Muitos corredores quer da elite quer amadores, têm incluído o cross-training nos seus programas de treino como forma de aumentar a resistência, a flexibilidade, a força e a sua capacidade aeróbica, e consequentemente a sua capacidade de correr mais rápido e durante mais tempo, ao mesmo tempo que reduzem o risco de lesões, facilitam a recuperação e aceleração a reabilitação em caso de lesão.

 

Em termos pessoais estou a gostar de diversificar o treino e espero continuar mesmo quando regressar aos treinos de corrida com mais intensidade, talvez substituindo algumas corridas por estes treinos ou diminuindo a duração da corrida e incorporar esta componenete no ínicio ou no fim da corrida. Não sei o que será melhor. A partir de junho, data em que recomeço a treinar com mais afinco, estas questões começam a ganhar mais importância

 

E vocês fazem cross-training? E quais as atividades físicas que recomendam?

 

Boas corridas a todos.

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.